Aluno do Colégio Integrado é selecionado para categoria de base do Atlético Mineiro

Arthur tinha uma bolsa de estudos por ser atleta do futsal do Colégio

52039680_2194592007298577_8997220306250629120_n


Com apenas 11 anos, a vida do estudante da 7ª série do Colégio Integrado, Arthur Rampineli Borghi, está prestes a mudar de uma maneira intensa. Isso porque o garoto foi selecionado para fazer parte da categoria de base da equipe do Atlético Mineiro. O talento do goleiro oficial do time de futsal do Colégio Integrado vai brilhar, agora, em Minas Gerais.

Considerado um prodígio dentro do esporte, Arthur começou a jogar futebol/futsal com apenas cinco anos e não parou mais. "Desde muito novo, ele já vinha sendo sondado por grandes clubes brasileiros, principalmente pelo porte físico que ele possui. Apesar de ter apenas 11 anos, o Arthur já é bem alto para a idade e está com 1 metro e 71 centímetros de altura", afirma a mãe orgulhosa, Liliane Rampineli Borghi.

Segundo a mãe de Arthur, apesar do interesse dos clubes, o sonho dele sempre foi o Atlético-MG, por isso, agora vai se mudar para Vespasiano (MG), onde fica o Centro de Treinamento (CT) do time mineiro. "O clube é um grande 'berço de goleiros', por ter revelado grandes nomes do futebol nacional. Inclusive, o preparador oficial de goleiros da Seleção Brasileira treina a equipe. O pessoal ficou bastante impressionado com a qualidade técnica do Arthur e pela estatura", declara Liliane.

Arthur viaja nos próximos dias para realizar uma série de exames e já para ficar na cidade onde está localizado o CT. Nessa mudança em busca do próprio sonho, Arthur vai trocar de Colégio e de cidade, o que deixa a mãe apreensiva. "A gente fica com o coração dividido. Eu tenho mais dois filhos, que estudam no Colégio Integrado, e eu fico triste dele ter que deixar um colégio tão bom, mas é para garantir o sonho dele. Então, vamos nos desdobrar para fazer tudo da melhor forma", diz Liliane.

No Colégio Integrado, a diretora, Ana Paula Previate, também lamenta a saída do aluno atleta, mas entende o motivo. "Ao mesmo tempo em que ficamos tristes em perder um excelente aluno que ele é, ficamos felizes por saber que ele está alcançando os objetivos dele, principalmente por ser um clube grande, como é o Atlético Mineiro. Para nós é um motivo de orgulho", diz Ana Paula.

WhatsApp Image 2019-03-21 at 15.03.59

 

WhatsApp Image 2019-03-21 at 15.03.39

 

WhatsApp Image 2019-03-21 at 15.03.47

 

Comentários
0