Engenharias e Arquitetura do Integrado participam de palestra do Observatório Social de CM

Palestra do Projeto “Obra Transparente” foi realizada na última quinta-feira (21)

4654819d-332b-4f5e-b9b4-e5c9608e74b1


Na última quinta-feira (21), acadêmicos do curso de Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Civil e Engenharia de Produção do Centro Universitário Integrado participaram de uma palestra sobre o projeto "Obra Transparente – O Observatório Social Monitorando Obras Públicas em Campo Mourão". A palestra foi ministrada pelo presidente da organização, Roberval Melo Ruscetto  e pelo engenheiro civil, Vitor Hugo Tonon.

O projeto Obra Transparente consiste em uma rede de 21 observatórios sociais que atua no monitoramento de obras de escolas e creches financiadas pelo governo federal em seus municípios. O projeto é fruto de uma parceria entre a Transparência Brasil e o Observatório Social do Brasil.

O objetivo central do projeto é ampliar a transparência e a accountability na execução de projetos de infraestrutura educacional, atuando tanto para pressionar governos para a retomada de obras inacabadas, como para prevenir novos atrasos e paralisações por meio de um controle social mais ativo. O projeto Obra Transparente é financiado pelo Fundo das Nações Unidas para a Democracia (United Nations Democracy Fund – UNDEF).

7a13607f-c06f-42d0-910f-13e74d9954af


Campo Mourão

O Observatório Social de Campo Mourão (OS) faz parte do projeto Obra Transparente, que é desenvolvido em unidades da entidade de cinco estados brasileiros (Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo e Minas Gerais). Também fazem parte as unidades de Araucária, Caçador, Cascavel, Chapecó, Foz do Iguaçu, Goioerê, Gravataí, Guarapuava, Imbituva, Lajeado, Limeira, Palhoça, Paranaguá, Pelotas, Ponta Grossa, Santa Maria, São Francisco do Sul, São José dos Campos, Taubaté e Uberlândia.

Em Campo Mourão, o projeto foi lançado no início de agosto de 2017, durante reunião mensal da Associação Comercial e Industrial (Acicam) com uma explanação sobre o projeto apresentada pelo presidente do Observatório Social local, Roberval Ruscetto. O lançamento nacional do “Obra Transparente” ocorreu em maio de 2017, durante o Congresso Pacto pelo Brasil, organizado pelo Observatório Social do Brasil em Curitiba (PR).

O foco do projeto é um problema crônico no Brasil, país onde milhares de obras públicas encontram-se paralisadas ou até mesmo abandonadas. Segundo dados da época, levantados junto ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), cerca de 25% das obras iniciadas na área da Educação em todo o país estavam paralisadas ou inacabadas.

O objetivo do projeto “Obra Transparente” é pressionar governos para a retomada de obras inacabadas e prevenir novos atrasos e paralisações por meio de um controle social mais ativo. Além de atuar para garantir o cumprimento dos prazos e a qualidade das obras, o projeto “Obra Transparente” espera difundir a cultura de controle social, procurando despertar o sentido de responsabilidade de cada cidadão pelo bem público.

Com informações: Portal Tá Sabendo.

Comentários
0