Integrado formaliza participação no 'Pint of Science'

Festival mundial de divulgação científica será realizado pela primeira vez em Campo Mourão

PINT OF SCIENCE INTEGRADO (1)


Aprender sobre matemática enquanto aproveita para tomar um chope gelado; ter noções sobre física quântica enquanto saboreia uma porção de comida de boteco. Essa é a proposta do 'Pint of Science'. O evento global de divulgação científica coloca pesquisadores e cientistas para falar sobre assuntos complexos, de maneira descontraída e leve, em bares das cidades. O evento, que será realizado pela primeira vez em Campo Mourão, ocorre nos dias 20, 21 e 22 de maio.

O 'Pint of Science' chega a 4ª edição e é realizado, de forma simultânea, em 24 países. De acordo com o site oficial do evento, o Brasil é o campeão em número de cidade participantes: 87 no total. Os temas são diversos: vão de vacinação e mudanças climáticas a câncer, vida em marte e modificação genética de bebês, entre outros. Em Campo Mourão, dois bares foram escolhidos para sediar o evento: Eden Beer e Cayenna Steak House.

O Centro Universitário Integrado participará do evento com cinco professores. Eles vão falar sobre: 'Matemática e Beleza', 'Nutrição e os Distúrbios do Humor', 'A Ciência da Cerveja' e 'A cidade que temos e a cidade que queremos'. Segundo a supervisora de pesquisa do Integrado, Francielle Baptista, a participação dos estudantes será fundamental. "Nós vamos estimular muito a participação dos nossos acadêmicos, tanto que eles serão convidados a participarem e terão certificados do evento. Essa é uma forma de fomentar a participação de todos", garante Francielle.

Segundo o diretor da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Campo Mourão, Eduardo Akira Azuma, o evento vai desburocratizar a Ciência para as pessoas comuns. “O Pint of Science é uma forma de aproximar a universidade da sociedade, fazer com que pessoas comuns entendam a importância da pesquisa. Por isso, é tão importante a forma como será feito. A principal meta é tornar a linguagem mais acessível para que qualquer tipo de pessoa entenda o que os pesquisadores querem falar", afirma Azuma.

IMG_8212


Pint of Science

De acordo com o site oficial do evento, o Pint of Science nasceu em 2012, da iniciativa de dois pesquisadores do Imperial College, de Londres, que realizavam encontros em seus laboratórios sobre doenças neurodegenerativas, e o festival logo conquistou os cinco continentes. Os pesquisadores Michael Motskin e Pavreen Paul recebiam pacientes e pessoas interessadas em suas pesquisas e com o sucesso do encontro se perguntaram como seria possível levar o cientista até as pessoas.

Assim começava o Pint of Science, o maior festival de divulgação científica do mundo."A palavra Pint refere-se à medida de uma caneca de chope dos pubs ingleses. Por isso, a ideia é de que Pint of Science é uma dose de Ciência, pela forma como o evento foi pensado, para divulgar a Ciência de forma descontraída, nos bares. Ter um evento desse porte em Campo Mourão é importantíssimo não só para a cidade, mas para os pesquisadores, como os do Centro Universitário Integrado e de outras instituições de ensino da cidade", diz o diretor da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Campo Mourão, Eduardo Akira Azuma.

Comentários
0