Universitários do Integrado vão planejar nova sede dos Bombeiros de CM

Estrutura será modelo para outras unidades do Paraná

 

Concurso - Bombeiro (2)


Na noite dessa quarta-feira (24), foi lançado, no anfiteatro do Câmpus do Centro Universitário Integrado, um concurso para a escolha de projeto preliminar do novo quartel do Corpo de Bombeiros de Campo Mourão. A ação é resultado de parceria estabelecida, por meio de um termo de cooperação, entre o Observatório Social do Brasil - Campo Mourão - e o Corpo de Bombeiros, com o apoio do Centro Universitário Integrado.

 

Concurso - Bombeiro (1)


O concurso, destinado exclusivamente aos acadêmicos dos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Civil e Engenharia de Produção do Centro Universitário Integrado, está pautado no desenvolvimento de um Projeto Conceitual – Estudo Preliminar e Humanizado – de construção da nova sede do quartel, aliando projetos arquitetônico com conceitos estruturais, projeto paisagístico e arquitetura de interiores, a fim de promover agilidade no atendimento do Corpo de Bombeiro de Campo Mourão. As inscrições seguem abertas até dia 01 de agosto e o projeto vencedor será anunciado em outubro.

 

IMG_2047


De acordo com o coordenador dos cursos de Engenharias do Integrado, professor Paulo Rodrigues, os universitários estarão inseridos em todas as etapas do projeto, até sua execução, sempre contando com a supervisão de docentes dos cursos envolvidos. “Após as inscrições, os grupos iniciam os projetos, seguindo o que está especificado em edital, podendo tirar dúvida com os professores da Instituição. No fim de agosto será feita a primeira entrega do projeto, o qual será analisado pelo comando do Corpo de Bombeiros e devolvido aos estudantes com observações. Após, os alunos terão um prazo para finalizar o projeto, seguindo as especificações do edital”, detalha o docente.

 

z67181370_1083032765220373_7110628515296313344_n


A coordenadora do curso de Arquitetura e Urbanismo do Integrado, professora Roberta Mertz, destacou a importância desse trabalho envolver os universitários. "Eles terão noção da realidade profissional, pois estarão no mercado de trabalho. Além disso, vão adquirir uma grande experiência para o currículo e vão vivenciar a prática de concursos de projetos arquitetônicos, algo que é comum na nossa profissão. Também, eles vão acompanhar o andamento das obras, que é uma atribuição do profissional", ressalta Roberta.

 

IMG_2061


Obra Transparente
A participação do Observatório Social do Brasil - Campo Mourão acontece através do projeto Obra Transparente, o qual envolve monitoramento sistemático de licitações e da execução de obras, identificando problemas na implementação dos projetos e pressionando gestores para solucioná-los e garantir a entrega das obras.
A presidente do Observatório Social do Brasil - Campo Mourão, Carolina Sequinel, explica que a intenção desse projeto é o acompanhamento por completo, não apenas fiscalizar a obra pública, mas inserir os acadêmicos no contexto de obras públicas, desde a elaboração do projeto da obra, aumentando o controle social e difundindo os objetivos da entidade.

 

03-29


Fonte: Da Assessoria do Integrado, com informações da Assessoria do Observatório Social

Comentários
0