O canal de conteúdo do Grupo Integrado

Estudante do 3º ano do ensino médio faz parte da primeira turma do treinamento que visa capacitar profissionais para o mercado de tecnologia

Maria Júlia Silva, 16 anos, é uma das participantes da primeira turma do Bootcamp Catalisa LAB, um treinamento imersivo oferecido pelo Centro Universitário Integrado, que tem por objetivo preparar novos profissionais para o mercado de tecnologia.

A estudante do terceiro ano do ensino médio do Colégio Estadual Dr. Osvaldo Cruz conta que ficou sabendo pela coordenadora pedagógica do colégio que o Integrado estava ofertando um curso de programação gratuito e resolveu se inscrever. “Eu sempre tive bastante contato com a tecnologia e um pouco antes de ficar sabendo do Bootcamp, eu tinha visto um app sobre programação, que ensinava uma linguagem de programação específica por meio de umas atividades. Logo que comecei a mexer no aplicativo, surgiu esse curso do Integrado e eu resolvi conhecer. Vim na palestra e gostei bastante da proposta do curso e do conteúdo”, disse a estudante. 

Após quase um mês de aulas, Maria Júlia já consegue vislumbrar um futuro na área de tecnologia. “Depois de algumas semanas de curso, eu posso dizer que estou gostando bastante, eu estou até querendo fazer a faculdade de TADS (Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas), sem contar que essa pode ser uma porta de entrada para o mercado de trabalho”, analisa.

Maria Júlia representa um movimento que vem crescendo nos últimos anos, o das mulheres interessadas por tecnologia. Esse, aliás, é um dos objetivos do Bootcamp Catalisa LAB, promover a diversidade no setor. “ As coisas estão começando a mudar, quando eu fui conhecendo esse mercado só tinha homem, a maioria das pessoas que trabalham com isso são homens, mas não me importo muito com isso, porque é algo que sempre gostei. Já me vejo programando, mas independente disso, penso que o que a gente aprende nunca é em vão, vai servir para qualquer área onde eu for atuar, porque a tecnologia está presente em tudo”, explica.

Para a estudante, o curso tem sido uma experiência muito satisfatória. “Estou gostando bastante, os professores sempre perguntam se entendemos o conteúdo, se temos dúvidas, eu gostei bastante dos professores, está sendo bem legal. Dá para acompanhar bem as aulas, estou aproveitando ao máximo essa oportunidade. Muita coisa que eu pensava que era de um jeito é de outro, eu não tinha muita noção de como era feito tudo isso, quando eu fui descobrindo que são as pessoas que programam tudo, que dizem tudo que o computador deve fazer foi diferente, porque a gente acha que o computador faz tudo sozinho e não é bem assim”. 

Bootcamp Catalisa LAB

Lançado há cerca de um mês, o Bootcamp Catalisa LAB é uma parceria do Centro Universitário Integrado com diversas empresas da região. O objetivo é capacitar de forma rápida e prática, novos profissionais para o mercado de tecnologia.

A iniciativa inovadora surgiu devido à grande demanda do mercado por profissionais de tecnologia. Segundo um levantamento da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) a procura por profissionais na área de TI, no Brasil, será de 420 mil pessoas até 2024. No entanto, o país forma 46 mil profissionais com perfil tecnológico por ano.

O lançamento do Bootcamp fez tanto sucesso que a procura surpreendeu os organizadores, tanto que uma segunda turma já está confirmada para iniciar ainda neste ano. Os interessados em participar do programa podem se inscrever em: bit.ly/bootcampcatalisa