O canal de conteúdo do Grupo Integrado

Confira algumas dicas do Integrado Carreiras para criar um currículo bem estruturado e impecável

O currículo tem um papel muito importante na hora de procurar um emprego. Se bem construído, ele pode ser uma boa estratégia para se destacar dos seus concorrentes e aumentar as chances de ser chamado para uma entrevista. Mas, caso o contrário, ele pode ser um grande motivo para te desclassificar de um processo de seleção.

Devido à sua grande importância, montar um currículo, principalmente no começo da carreira profissional, pode ser desafiador e causar muitas dúvidas. A verdade é que não existe um modelo padrão e ideal a ser seguido, porque cada empresa tem os seus métodos de avaliação. Mas há algumas dicas que podem te ajudar na construção do seu currículo e deixá-lo bastante atrativo!

Nós vamos te ajudar com isso! Continue lendo e descubra:

Escolha o layout ideal para você

Hoje em dia, é possível encontrar inúmeros layouts prontos para currículos na internet. No entanto, escolher qual usar é um tanto desafiador, porque nem todo modelo funciona para todo mundo. Algumas áreas, como o design gráfico e arquitetura por exemplo, valorizam bastante a apresentação do currículo, já que as habilidades de design são atributos para a vaga. Nesses casos, é comum os candidatos criarem os layouts para os seus próprios currículos, porque isso pode vir a ser um grande diferencial.

Além disso, também é importante avaliar a personalidade da empresa. Se é uma empresa mais informal e divertida, vale trazer essas características ao layout do currículo por meio de cores e um design mais diferente. Se é uma empresa mais séria, seguir um modelo mais básico atende as necessidades!

De maneira geral, é importante que o currículo seja clean, bem-organizado e visualmente atraente. Por isso, nada de inserir letras maiúsculas ou sobrecarga de textos!

Organize bem as informações

No currículo, é essencial que você coloque apenas as informações mais importantes para não ficar muito extenso. E também é importante se atentar à ordem dessas informações. Seguindo o roteiro abaixo, você conseguirá estruturar o currículo de uma maneira direta e concisa:

Dados pessoais: Nesse tópico, você deve colocar seu nome completo, data de nascimento, endereço, cidade, estado, celular para contato, e-mail.

Objetivo: Aqui, você escreverá, de maneira sucinta, o seu objetivo profissional, por exemplo: “Atuar na área de comunicação, como social media”. Não precisa entrar em detalhes sobre seus planos e metas profissionais, porque essa parte pode ficar para a entrevista.

Formação acadêmica: Você vai colocar as suas formações mais recentes, como a sua graduação, pós, mestrado etc. Não se esqueça de inserir também o nome do curso, o nome da instituição de ensino e os anos de início e término.

Experiência profissional: Faça um resumo da sua carreira profissional, citando das mais recentes até as mais antigas. Coloque o nome da empresa, as datas – ou, pelo menos, os anos – de entrada e saída, o cargo e um resumo das suas atividades exercidas.

Cursos e qualificações: Para finalizar o currículo com chave de ouro, elenque todos os cursos, projetos de pesquisa e extensão e treinamentos que você já participou. Aqui, você também pode colocar os seus conhecimentos em informática, idiomas e nível de fluência (básico, intermediário ou avançado).

Não coloque foto (a não ser que seja exigido pela empresa)

A principal regra é: não colocar foto no currículo. Mas, se a empresa exigir uma foto, tenha cuidado na escolha da foto. Selecione uma imagem com alta resolução e evite selfies ou fotos em que você esteja num momento de informalidade. A imagem precisa transmitir profissionalismo e confiança. Portanto, não pode ser nada muito extravagante.

Opte pelo formato 3×4 e insira em um local no currículo que não ocupe muito espaço.

Saiba como lidar com a falta de experiência

Buscar o primeiro emprego pode parecer um pouco difícil por conta da falta de experiência profissional. Nesse caso, você pode enriquecer o seu currículo de outras formas, por exemplo: citando os estágios, cursos, especializações, workshops e treinamentos que você já tenha participado. Coloque no currículo todos os conhecimentos e experiências que mostrem o seu potencial e que tenham ajudado a construir o profissional que você se tornou.

Não coloque pretensão salarial!

Deixe esse assunto para a entrevista de emprego. Alguns detalhes, como a pretensão salarial, podem ser cruciais na hora da empresa selecionar os currículos, pois uma exigência de salário alto pode te descartar já nessa etapa.

Cuidado com os erros de português!

Revise quantas vezes forem necessárias para não cometer gafes gramaticais. E se for necessário, peça a ajuda de outra pessoa, que tenha conhecimento linguístico, para ler e reler o seu currículo. É importante se atentar a esses detalhes, pois estes erros, normalmente, eliminam um candidato do processo de seleção.

Com todas essas dicas, agora, você poderá montar o seu currículo de uma maneira mais assertiva e garantir mais chances de ser selecionado para uma vaga de emprego. Aquela clássica frase de que “a primeira impressão é a que fica” pode ser clichê, mas é a pura verdade. O seu currículo é o primeiro contato que a empresa terá com você. Por isso, coloque todas essas estratégias em prática para causar uma boa impressão e surpreenda a equipe de recrutamento!